Premissas são as proposições, conteúdos, informações essenciais ou suposições que servem de base para um raciocínio, para um estudo que levará a uma conclusão.

A seguir, abordaremos uma coletânea de premissas que foram assim sistematizadas como fruto do estudo da estrutura, da observação e da modelagem da excelência humana.

1) Pressuposto da PNL:

  • Tudo acontece por uma razão e um fim e isso nos serve:

A confiança e a habilidade de acreditar que toda adversidade contém a semente de um benefício maior e útil é considerada a suposição mais presente na mentalidade dos homens de maior sucesso na história do comportamento humano.

2) Pressuposto da PNL:

  • Não existem fracassos, somente resultados:

aprender a considerar o que não deu certo, identificando-o como um feedback, é o modo mais assertivo de transformar o erro numa excelente oportunidade de aprendizado.

Uma ação gera um resultado, que sempre deixa a “dica” do que precisa ser modificado. Se não foi útil, busque outra possibilidade.

3) Pressuposto da PNL:

  • Se continuar fazendo o que sempre fez, sempre terá os mesmos resultados:

Novas experiências são possibilidades reais e muito bem vindas.

Não cometa o erro da mosca ao tentar atravessar a janela de vidro fechada.

4) Pressuposto da PNL:

  • Em algum nível, o que acontece é consequência de escolhas. Então, assuma a responsabilidade por tudo que acontecer:

A única forma de transformar alguma coisa é assumir pessoalmente a responsabilidade por ela.

A consciência do livre arbítrio viabiliza a competência da maturidade e do poder de transformação humano.

5) Pressuposto da PNL:

  • Se uma pessoa pode fazer algo, qualquer outra pessoa tem o potencial para aprender a fazer também:

Esse é o princípio da modelagem, então considere sempre possível realizar algo.

Enquanto persistir no objetivo estará conquistando conhecimento, experiência e resultados.

6) Pressuposto da PNL:

  • As pessoas já possuem todos os recursos que necessitam:

Todas as distinções que as pessoas são capazes de fazer em relação ao ambiente e ao comportamento podem ser representadas pelas estruturas básicas representadas por meio dos canais de:

  • Percepção visual,
  • Auditivo,
  • Cinestésico,
  • Olfativo,
  • Gustativo.

Estes sentidos estão presentes na experiência de todo ser humano.

7) Pressuposto da PNL:

  • A pessoa não é o seu comportamento:

O valor das pessoas é constante, embora seu comportamento possa variar ou ser questionado.

8) Pressuposto da PNL:

  • As pessoas funcionam perfeitamente:

É simplesmente uma questão de descobrir como estão funcionando para poder mudar isso para algo mais útil.

Quem tem defeito é carro e liquidificador. Somos seres em evolução.

9) Pressuposto da PNL:

  • As pessoas sempre fazem a melhor escolha disponível para elas:

As pessoas sempre escolhem a melhor opção disponível para elas naquele momento determinado da ação.

Todo comportamento tem uma intenção positiva para quem o executa. Isso serve para mim e para todas as pessoas.

10) Pressuposto da PNL:

  • Todo comportamento tem a possibilidade de ser útil em algum cenário ou contexto:

Qualquer comportamento pode ser considerado útil ou limitante, dependendo do contexto.

Para todo comportamento existe um contexto no qual ele já foi ou pode ser útil. A questão é flexibilizar e adequar, pois algumas vezes ele já foi útil no passado, mas não é mais!

11) Pressuposto da PNL:

  • É impossível não se comunicar:

A comunicação é a essência da humanidade. Até os pensamentos são a forma de nos comunicar conosco mesmos.

Estamos em constante comunicação externa e interna, verbal ou não verbalmente. Até o não obter uma resposta é uma resposta.

12) Pressuposto da PNL:

  • O significado da comunicação é a resposta que se obtém e isso não depende da intenção do comunicador:

Estar atento à compreensão do que o outro recebeu por meio de nossa comunicação, nos possibilita ajustá-la a fim que ela seja sempre a mais próxima possível de que de fato foi comunicado.

A responsabilidade de checar é do transmissor. Geralmente o comportamento fornece a informação de melhor qualidade e a resistência a maior prova da inflexibilidade do comunicador.

Em uma comunicação harmoniosa respeita-se o modelo de mundo do outro.

13) Pressuposto da PNL:

  • A habilidade de mudar o processo de como experimentamos a realidade é mais útil do que mudar o conteúdo da experiência:

Entrar no conteúdo da experiência aviva o processo cada vez que acionado. Entender o modo como ele foi estruturado facilita e viabiliza a ressignificação.

É tirar o foco do quê e do por quê e colocar no que fazer com o quê aconteceu.

14) Pressuposto da PNL:

  • O mapa não é o território:

A realidade é somente percebida neurologicamente por meio dos cinco sentidos e representada internamente, após passar por diversas estruturas (filtros presentes na experiência subjetiva).

Cada indivíduo cria seu mapa, a partir de sua própria percepção e todos interagem a partir desses infinitos e diversos mapas.

Cada pessoa responde ao seu próprio mapa da realidade e não à realidade em si.